WhatsAPP: (48) 3464-3153
E-mail: secretaria@igrejademaria.com.br
WhatsAPP: (48) 3464-3153
E-mail: secretaria@igrejademaria.com.br
AO VIVO

Pe Egídio Schmoeller

Nascimento:01/09/1950
Ordenação:11/12/1976
Posse como pároco:29/01/1989
Data da saída:31/12/2001

Padre Egídio Schomoeller nasceu no dia 1° de setembro de 1950 em Rio Fortuna, na localidade de Rio dos Bugres, filho de Adolfo Schomoeller e de Ludovica Elreg Schomoeller. Sua família tinha uma pequena propriedade e vivia do fruto do trabalho na agricultura e da criação de algumas cabeças de gado, porcos, galinhas e de tudo o que havia numa propriedade rural de uma família de pequenos agricultores. Filho mais velho e tem nove irmãos. Sua infância foi junto da família e comunidade de Rio dos Bugres. Participava de todas as atividades da roça e da comunidade.

Frequentava a escola da comunidade, distante 18 km da sede do município. Tinha as dificuldades próprias daquele ambiente rural e interiorano. Aos doze anos, tinha terminado a escola primária e foi para o seminário de Admissão ao Ginásio em São Ludgero no ano de 1963, pois tinha o desejo de ser padre. Tal escolha teve influencia de sua mãe, que desejava ter um filho padre, o pai também não se opunha. A vocação surgiu nesse ambiente familiar e na vida da comunidade e da paróquia. A família sempre participava e contribuiu na comunidade.

A frequência à celebração dos cultos na comunidade era sagrado. O padre visitava a comunidade de três em três meses, vinha a cavalo, pois não havia estradas para automóveis. A condução era de tração animal: cavalo ou bois.

O automóvel ou caminhão não eram nem conhecidos. Aos 12 anos de idade ingressou no curso de Admissão ao Ginásio no Seminário de São Ludgero. No ano de 1964 iniciou o curso ginasial no Seminário Nossa Senhora de Fátima, em Tubarão, em regime de internato.
Foi o período do Seminário menor. No ano de 1971 os estudos continuaram no seminário maior Nossa Senhora da Conceição na cidade de Viamão no Rio Grande do Sul, onde cursou a faculdade de Filosofia. A faculdade de Teologia, iniciou no ano de 1973 na PUC de Porto Alegre, realizando os dois primeiros ao tempo que concluía o curso de Filosofia. Morava no seminário de Viamão como interno. Sua família tinha poucos recursos financeiros.

O trabalho da roça dava para o sustento. Os estudos e a formação no seminário foram custeados pela família, pela Diocese de Tubarão, na pessoa do Bispo Dom Anselmo Pietrulla e por duas madrinhas da Alemanha por intermédio do bispo. Sua ordenação sacerdotal aconteceu no dia 11 dezembro de 1976, na sua comunidade de Rio dos Bugres, na Paróquia de Rio Fortuna.

Padre Egídio está no ministério a mais de 30 anos e já trabalhou nas seguintes paróquias: 1977 à 1982: Paróquia São João Batista, de Imaruí; 1983 à 1987: Paróquia São Cristóvão, na cidade de Capim Grosso, da Bahia no Projeto Igreja Irmãs; 1988 (até o final de abril): na Paróquia da Catedral de Tubarão, como Vígário Paroquial (de maio a dezembro), na Paróquia Imaculada Conceição, de Imbituba; 1989 à 2001: Paróquia Imaculado Coração de Maria, de Lauro Müller; 2002 à 2004: Paróquia Sagrada Familia em cidade Alta (Araranguá); 2005 até os dias de hoje na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, da cidade de Maracajá.

Colaboração: Bel (Paróquia Nossa Senhora da Conceição)