WhatsAPP: (48) 3464-3153
E-mail: secretaria@igrejademaria.com.br
WhatsAPP: (48) 3464-3153
E-mail: secretaria@igrejademaria.com.br
AO VIVO

O jogo “Charlie Charlie” é mais perigoso do que parece

charlie-challengeUm jogo que tenta invocar um demônio mexicano – conhecido como “Charlie, Charlie” e considerado uma versão simplificada do tabuleiro de Ouija [tábua com desenhos para comunicar com mortos através do dedo indicador, parecido com o jogo do copo] – tornou-se viral nas redes sociais entre jovens adolescentes, levando um exorcista a avisar dos perigos envolvidos.

O jogo, que tem ganho imensa atenção online nos últimos dias, envolve um par de lápis ou canetas, uma folha de papel e a invocação de um espírito chamado “Charlie”.

Pequenos filmes online, colocados maioritariamente por adolescentes, mostram os jogadores a encolher-se e a fugir quando o lápis aparentemente se mexe sozinho e aponta para o “sim” ou “não”, depois de dizerem a frase que invoca o demônio.

O exorcista espanhol Jose Antonio Fortea disse à ACI Presnsa que o famoso #CharlieCharlieChallenge envolve a prática bem real e oculta de “invocar os espíritos.”

Numa entrevista a 27 de Maio, ele avisou que “alguns espíritos que estão na raiz desta prática vão meter-se com alguns dos que jogam o jogo.” Apesar de o sacerdote pensar que os jogadores “não ficarão necessariamente possuídos”, o espírito foi invocado e “permanecerá perto durante um bocado.”

O Pe. Fortea também avisou que jogar o jogo “vai fazer com que outros espíritos comecem a entrar numa comunicação mais frequente.”

“Por isso a pessoa pode mesmo sofrer consequências piores do demónio,” disse ele.

Os especialistas Católicos já verificaram que as atividades de ocultismo e a consequente necessidade de exorcimos atingiram um nível crítico por todo o mundo.

A Associação Internacional de Exorcistas (AIE) encontrou-se para a sua 12ª conferência anual em Roma, no passado Outubro. De acordo com o porta-voz da AIE, o Dr. Valter Cascioli, um número cada vez maior de bispos e cardeais pediu para participar na conferência devido a um aumento da atividade demoníaca.

“Está-se a tornar numa emergência pastoral,” disse Cascioli à CNA. “De momento o número de perturbações de atividade demoníaca extraordinária está a crescer.”

O aumento da atividade demoníaca pode ser atribuído à falta de fé cada vez maior entre as pessoas, juntamente com o aumento da curiosidade e participação em atividade ocultas tais como o tabuleiro de Ouija ou sessões de comunicação com mortos, disse Cascioli.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.