WhatsAPP: (48) 3464-3153
E-mail: secretaria@igrejademaria.com.br
WhatsAPP: (48) 3464-3153
E-mail: secretaria@igrejademaria.com.br
AO VIVO

Diocese mantém prioridades na ação pastoral em 2016

Assembleia 1 “Família e Comunidade” continuarão sendo o foco da ação pastoral da Diocese de Criciúma, no ano que vem. A decisão foi confirmada pelos representantes das 32 paróquias e santuário e pelos mais de 27 serviços e movimentos que participaram da 20ª Assembleia Diocesana de Pastoral, na Fundação Shalom da Família, em Linha Batista, Criciúma.

Na noite de sábado, os participantes acolheram os resultados da pesquisa aplicada pela Coordenação Diocesana de Pastoral nas paróquias. Cerca de 70% das estratégias, propostas em três projetos, no ano de 2015, foram promovidas pelas comunidades. As iniciativas tinham por objetivo a evangelização das famílias para o fortalecimento do vínculo de pertença à comunidade eclesial, a dinamização das comunidades como lugares de vivência da fé e o fortalecimento dos Grupos de Famílias e de sua missão.

“Nós vamos mudar o mundo, se deixarmos Deus agir em nós. Como no Evangelho, precisamos lançar as redes para águas mais profundas e confiar na presença do Espírito Santo em nossas vidas, para que a Igreja possa crescer e dar muitos frutos, conforme a Sua vontade”, frisou o bispo diocesano, Dom Jacinto Flach, durante o encontro. Na celebração eucarística realizada na capela, na manhã de sábado, o epíscopo recordou o santo mártir do dia, Santo Inácio de Antioquia, que na ocasião de sua morte, disse: “Que meu corpo seja triturado pelos leões, como o trigo para o Corpo de Cristo”. “Agora é a nossa vez de darmos testemunho. Os mártires suportaram tudo, porque valia a pena. O martírio direto é reservado para alguns, o nosso é para o dia a dia. Estamos aqui, entregando para a Igreja do Senhor a nossa vida. Isso deve ocorrer de forma autêntica, não para a promoção pessoal, mas por amor e para a glória do Senhor”, destacou o bispo.

A reflexão abordada pelo assessor do tema de estudo, o vigário da Paróquia São Sebastião, Frei Osmar Otávio Júnior (OFMCap), conduziu os participantes da Assembleia a refletirem acerca das realidades enfrentadas pela família, incluindo as novas formatações familiares e a comparação da Sagrada Família de Nazaré às famílias da atualidade. “O mundo pós-moderno é um mundo de relações complicadas ou, melhor dizendo, de ausência de relações. Hoje em dia, se ressalta a solidão, a individualização de forma exacerbada (…) Precisamos renovar a esperança na família, para que continue humana, lugar de realização a dois no amor e na confiança, digna de procriar novas vidas para esse mundo e para Deus”.

Assembleia elenca novas estratégias

Além das sugestões já apontadas pela Assembleia de 2014, os membros desta edição, reunidos em grupos, durante a manhã de sábado, após a celebração da Santa Missa e a assessoria do Frei Osmar Otávio Júnior (OFMCap), elencaram outras ações a serem anexadas aos projetos e seguidas pelas comunidades. As propostas vão desde o estudo sobre o posicionamento do Magistério quanto às novas estruturas familiares, à realização da leitura orante da Bíblia, ao acompanhamento de grupos de jovens, ao estudo do regimento sobre conselhos de pastoral e comissões administrativas, à visitação e solidariedade entre comunidades de uma mesma paróquia e ao incentivo ao projeto “Paróquias Solidárias”, entre outras ações.

Ano da Misericórdia propiciará atitudes concretas

Outro tema a ser seguido, no ano de 2016, será a “misericórdia”, em razão do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, ou Ano da Misericórdia, proclamado pelo Papa Francisco e que terá início em 8 de dezembro, no Vaticano, e no dia 13 seguinte, nas dioceses do mundo inteiro com a abertura de “portas santas” em santuários e catedrais, além da promoção de obras de misericórdia. O estudo da bula papal “Misericordiae Vultus” (O Rosto da Misericórdia), é uma das atividades que serão desenvolvidas pelas paróquias. Uma comissão, formada por padres e leigos, irá propor um calendário especial com celebrações e gestos a serem adotados pelas comunidades no próximo ano. As propostas estarão sujeitas à aprovação dos membros do Conselho Diocesano de Pastoral, que estarão reunidos, em 29 de outubro, em Morro da Fumaça.

Celebrações diocesanas são definidas

Para o calendário diocesano 2016, as principais atividades também foram definidas pela Assembleia. Entre elas, a data dos estudos diocesanos sobre a Campanha da Fraternidade, que serão realizados nos dias 4 e 6 de fevereiro, em Içara e Turvo, respectivamente. A Missa dos Santos Óleos, conhecida como Missa do Crisma, será celebrada no Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, na quarta-feira santa, 23 de março. E no “Domingo da Misericórdia”, 3 de abril, será celebrada em Morro Bonito, Içara, a Festa do Coração Misericordioso de Jesus. Esta festividade contará com uma grande concentração diocesana, no terreno onde está sendo construído o segundo santuário da Diocese, dedicado ao Sagrado Coração de Jesus.

Fonte: Comunicação Diocese de Criciúma 

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.