All for Joomla All for Webmasters
FONE: (48) 3464-3153
FONE: (48) 3464-3153

Nossa História

Lauro Müller, inicialmente chamada Minas, dependia religiosamente da paróquia de Tubarão. Os padres daquela paróquia vinham a esta localidade para administrar o sacramento do batismo e atender aos doentes. Não havendo capela o povo era reunido no assim chamado Barracão onde era a oficina da Companhia de Mineração Barro Branco, hoje Posto Chaminé. Em 1919 foi celebrada a 1ª missa, e administrado o sacramento da Crisma por Dom Joaquim Domingues de Oliveira, arcebispo de Florianópolis.

Em outubro de 1922, dois padres missionários Pe. Martinho e Pe. Antonio Morais levantaram numa colina defronte da vila operária uma grande Cruz, onde o povo se reunia aos domingos e dias santos para fazer, em comum as devoções. Com o desenvolvimento da Companhia aumentou também o número de habitantes. Pensaram então na construção de uma capela. Havendo, porém, dificuldades em angariar os meios necessários para a construção de uma capela, foi pedido para os Diretores da Companhia para converter em capela o salão Club existente na Vila Operária.

Alcançada a licença foi colocado um altar modesto nos fundos do salão. A primeira imagem venerada nesta capela foi um quadro do Imaculado Coração de Maria, oferecida pela Senhora Marta Veterli, esposa do Senhor Walter Veterli, gerente da Companhia em Lauro Müller. Esta imagem passou a ser a padroeira e ocupou lugar de honra na casa paroquial. O primeiro sino para reunir os fiéis aos domingos e dias santos era um pedaço de trilho da estrada de ferro. Em 1922 o Sr. Pedro Marcelino de Carvalho, comerciante em Lauro Müller, ofereceu à capela o sino que serviu até a data da inauguração da Nova Matriz. Sendo a capela muito pequena e modesta surgiu a idéia de uma construção maior e mais digna.

A própria Companhia vendo a necessidade da instrução religiosa dos operários, iniciou uma campanha para construir uma nova capela, apresentando uma planta elaborada pelo próprio Henrique Lage, proprietário dos terrenos da mineração carbonífera. No ano de 1923 tiveram início os trabalhos da construção da nova capela.

A obra, porém, não passou do alicerce por não estar em terreno pertencente à Mitra episcopal. Em 1941, precedida a licença da Autoridade Arquidiocesana, reiniciaram a obra e graças aos esforços dos padres de Orleans, do Sr. Valdir Cotrin e sua esposa Neuza Teixeira Cotrin, dos Fabriqueiros e Zeladores do Apostolado da Oração, a construção avançou rapidamente.

Em 1945 a obra foi concluída e no ano seguinte foram adquiridos e bentos os 3 novos atuais sinos pelo Pe. Paulo Hobold. Neste mesmo ano o pintor Nicolau Klinger foi contratado para decorar a nova casa de Deus. Pe. Paulo Hobold, Vigário Paroquial de Orleans, foi encarregado para adquirir as novas imagens, paramentos, vasos sagrados e tudo o que fosse necessário para a nova igreja. Foram adquiridas as imagens Imaculado Coração de Maria, Sagrado Coração de Jesus, Nossa Senhora das Dores, São João Evangelista e São José.

A mesma foi demolida em 1973 para a construção da atual Igreja Matriz. No dia 17 de janeiro de 1947 Dom Joaquim Domingues de Oliveira, Arcebispo de Florianópolis, assinou decreto criando a Paróquia Imaculado Coração de Maria de Lauro Muller, desmembrada de Orleans. No dia 18 de janeiro de 1947, Dom Joaquim Domingues de Oliveira, por mercê de Deus e da Sé Apostólica assina a Provisão nomeando Monsenhor Bernardo Peters, Pároco da Paróquia recém criada de Lauro Müller.

Aos dois dias do mês de fevereiro do ano de 1947 diante da Matriz provisória de Lauro Müller, em presença de grande multidão de fiéis, vinda de todas as capelas da nova paróquia, padre Germano Peters Pároco de Orleans, leu a provisão de nomeação do primeiro Pároco de Lauro Müller, Monsenhor Bernardo Peters. Após a leitura desse documento o Pároco saudou os seu fiéis e foi saudado por eles.

As capelas pertencentes naquela época eram as seguinte: Barro Branco, Palermo, Rio Queimado, Santa Rosa, Guatá, Novo Horizonte, Rio da Vaca, Rio Capivaras Alto, Rio Capivaras Do Meio, Rio Capivaras Baixo, Vargem Grande, Km 107. Aos quinze dias de março, pelas cinco horas da tarde, Dom Joaquim D. de Oliveira, Arcebispo Metropolitano, vem pela primeira vez em visita a nossa Paróquia para inaugurar e benzer solenemente a nova Matriz de Lauro Müller. No dia 26 de março de 1947 Dom Joaquim Domingues de Oliveira celebra solenemente a primeira missa na nova Matriz. De tarde as três horas, saiu a imponente procissão com a imagem do Imaculado Coração de Maria. No dia 17 de março de 1949 Dom Joaquim administrou a 1256 pessoas o Sacramento da Crisma.

A primeira festa da Padroeira aconteceu nos dias 23 e 24 de agosto de 1947, sendo os mesmos dias de 1997, escolhidos para a grande celebração do Jubileu de Ouro. A construção da atual igreja Matriz iniciou em 1973 como Padre Hercílio Cappeller e a colaboração dos lauromullenses.

Foi concluída como Padre Armando Feltrin que junto com o povo muito trabalhou e se dedicou para levar esta obra até o final.

Padres que trabalharam na paróquia:

1º Pároco: Monsenhor Bernardo Peters – 02/02/47 a 11/09/55 Vigários: Pe. Tarcísio Marchiori Pe. Urbano Mendes Pe. Hercílio Cappeller

2º Pároco: Pe. Hercílio Cappeller – 11/09/55 a 10/02/79 Vigários: Pe. Afonso Sclickmann Pe. Albino Destro Pe. Valdir Piazza Borges Pe. Antônio Sabino Pe. Vandelino Schlickmann Pe. Sebastião Rodrigues Pe. Armando Feltrin

3º Pároco: Pe. Armando Feltrin – 11/02/79 a 17/01/84 Vigário Paroquial Pe. Antonio Nicolau Hemkemeier

4º Pároco: Pe. Antônio Nicolau Hemkemeier – 17/01/84 a 29/01/89 Vigários Paroquiais Pe. José Lino Buss Pe. Francisco Pires

5º Pároco: Pe. Egídio Schmoeller – 29/01/89 a 31/12/01 Vigários Paroquiais Pe. Valmor Boeger Pe. Vanderlei Tezza Pe. Lucas Kestering

6º Pároco: Pe. César Budny – 20/01/02 a 31/01/03 Vigários Paroquiais Pe. Jacinto Benedet Pe. Hélio Tadeu Furlan

7º Pároco: Pe. José Benjamim Cipriano – 01/02/04 à 03/03/2007 Vigários Paroquiais Pe. Antônio Liandro Francisco Corrêa Pe. Antônio Vander da Silva

8º Pároco: Pe. Antônio Vander da Silva 01/07/2006 à 08/01/2011 Vigário Paroquial Pe. Valmor Della Giustina

9º Pároco: Pe. José Aires de Souza Pereira – 09/01/2011 Vigário Paroquial Pe. Valmor Della Giustina

Irmãs Religiosas que contribuíram na pastoral

Irmã Elide Floriani, Irmã Lúcia Stedeli, Irmã Lúcia Neotti, Irmã Janice Pereira, Irmã Cecília Mensor, Irmã Alda Avosani, Irmã Renilde, Irmã Bertila Maria Sehnem, Irmã Gabriela Wienken, Irmã Ivone, Irmã Maria José Herdt, Irmã Maria de Lourdes, Irmã Angela, Irmã Regina Uliano, Irmã Celina Florzino, Irmã Natália Feldhaus, Irmã Zélia Della Giustina, IrmãClotilde May, Irmã Dorothea – hoje irmã Cristina, Irmã Maria Feuser, Irmã Bernarda May, Irmã Anna Loch.

Seminaristas

Pe. Antônio Mendes

Pe. Adelino

Pe. Pedro de Oliveira